sábado, 3 de março de 2012

Mais um Lumia chega ao mercado, dessa vez o 610

Então a Nokia lança o seu mais novo aparelho que segue a nova tendência que a companhia criou ano passado, quando o CEO Stephen Elop anunciou a parceria com a Microsoft. 

É o Lumia 610, que segue o planejamento de lançar smartphones mais baratos para atingir as massas. Ainda não tem preço confirmado, mas pela lógica da numeração será o mais barato dos Lumias lançados até hoje.


A Nokia não conseguirá atingir o público que todas as outras marcas buscam: os consumistas sedentos por celulares com alto padrão de especificações. A empresa aplica outra estratégia: alcançar a classe média para disseminar o novo sistema operacional que ainda está longe de disparar. 

Ao acostumar o consumidor com Windows Phone 7, conseguirá criar a tendência de atualizar para o WP8, que proporcionará às fabricantes de smartphones mais customização e especificações com maior qualidade.

Mas enquanto o Windows 8 não chega, vemos a Nokia com aparelhos mid-ends buscando um público-alvo diferente das concorrentes Apple, Samsung, HTC, etc.

Além disso, a fusão Nokia-Siemens trará em um futuro não muito distante dispositivos com conexões absurdamente melhores que as dos aparelhos concorrentes. E nesse mesmo futuro, os smartphones da Nokia possuirão um sistema muito mais "limpo" que não sobrecarregará o aparelho: o Windows Phone 8.



As especificações do Lumia 610 são interessantes para quem for buscar uma opção mais barata e com recursos melhores que alguns Androids mid-ends à venda no mercado.

Sua aparência não segue a do N9: um aparelho plano e de fácil pegada. No entanto, possui um corpo agradável e provavelmente fácil de segurar. Está disponível em 4 cores: Ciano, Branco, Preto e Magenta, mas sinto falta do Verde que a Nokia utilizou no N8. 

Pesando apenas 131 gramas é mais leve que o iPhone, por exemplo. Contudo, pela aparência do material não é tão leve quanto se espera.

O smartphone possui memória interna de 8 GB, sem espaço para cartões de armazenamento. Há a possibilidade de usar o Skydrive, que proporciona 25GB de espaço na nuvem. Isso é levemente parecido com a oferta da Apple: um iPhone 4 de 8GB, porém apenas 5GBs gratuitos de espaço no iCloud.

Para um aparelho desse nível e pelo seu sitema operacional, 256 MB de RAM são mais que suficientes para fazer essa máquina voar.

O aparelho conta com uma tela-multitoque com 3.7 polegadas de LCD, ideal para o uso com uma mão.

Sua bateria é de 1300 mAh e aguenta bem mais que o iPhone em chamadas no 3G (9,5h/8h) e em modo de espera chega próximo às 720 horas (o iPhone 4S só aguenta 200 horas). 

Porém, sua duração é menor que a do iPhone ao ver vídeos ou ouvir músicas (610: 7h/35h 4S: 10h/40h). Ainda assim, é uma ótima bateria pra um aparelho nessas condições.

O Lumia 610 possui câmera de 5MP com foco automático, flash, detector de rostos, redução do olho vermelho, estabilizador de imagem, modo panorama e grava vídeos em HD (720p) a 30fps. A lente é uma grande angular 28 milímetros com abertura F2.2.

O Lumia vem com rádio FM, Wi-Fi, MicroUSB, Bluetooth e o Nokia Maps. Este está associado ao Bing Maps e oferecerá um dos melhores serviços de mapas gratuitos para smartphones no mundo.


O Windows Phone oferece recursos interessantes, como alta velocidade de navegação na web pelo IE9 e compatibilidade com o HTML5. Além disso, o sistema fica bem coeso por causa das "tiles" (o estilo Metro do WP7), proporcionando excelente usabilidade e rápido compartilhamento nas redes sociais, tudo a pouquíssimos toques de distância.

A ideia desse aparelho é aquecer a disputa no mercado mid-end e dar um gás à Nokia ajudando-a a se tornar a maior fabricante de smartphones do mundo.

As imagens pertencem aos respectivos donos e foram usados para fins meramente ilustrativos. Esse post não possui fins publicitários. Qualquer marca registrada utilizada pertence aos respectivos donos e não foi utilizada para fins publicitários.

0 comments:

Postar um comentário