sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

WWW - Web World War

A Primeira Guerra Mundial começou em 1914 e durou até 1918. A Segunda Guerra Mundial começou em 1939 e durou até 1945.

Algumas pessoas dizem que a Terceira Guerra Mundial começou hoje. A tradução do título do post é "Guerra Mundial na Web".

Eu não acredito nisso. Eu acho que o que aconteceu na madrugada foi apenas um aviso para mostrar o que está por vir.

Mas o que aconteceu? Bem, o FBI retirou o Megaupload do ar alegando que o site contribuía e incentivava a pirataria. Isso pode acontecer nos dias de hoje e se houver provas, o FBI pode retirar um site do ar sim. O dono do site foi preso. E parece que ele e pessoas envolvidas com o site foram encontradas com uma frota de carros de luxo.

Pirataria é crime e ela deve ser combatida, com ou sem SOPA. A questão é que além do combate à pirataria, a SOPA censurava algumas coisas, e isso já não é legal.

Mas combater a pirataria pode, e é o que as instituições devem fazer.

Após o FBI retirar o site do Megaupload do ar, o grupo de hackers Anonymous começou a retirar do ar vários sites do governo americano e sites das instituições que apoiavam o SOPA. Alguns desses sites incluem o do FBI, da Universal Music e da RIAA.

O grupo de hackers está testando um novo método de atacar. Antigamente, eles mesmos injetavam o DDoS no servidor. Hoje, eles estão utilizando os usuários para isso. Esse tipo de ataque é crime. Os Anonymous, para se defenderem, alegam que o usuário que clica no link não sabe que na verdade está fazendo um DDoS. Por isso, é algo involuntário, sem que o usuário saiba. Com essa justificativa, os usuários não são incriminados. E o Anonymous é anônimo, ninguém sabe quem eles são.

Esse ataque pode tanto obstruir a memória e o processador do servidor, forçando uma reinicialização ou pode impedir a comunicação adequada dos usuários com o servidor.

Os Anonymous espalharam um link pela internet. Quando um usuário clicava no link, ele automaticamente injetava um DDoS nos servidores do site. Com um monte de usuários fazendo isso, o servidor se sobrecarregava e o site caía. É assim que os ataques aos sites dos apoiadores da SOPA aconteceram.

E agora ninguém mais sabe o que pode acontecer. Nessa Guerra Cibernética, tudo pode acontecer. E como eu discutia anteriormente pelo Twitter, a SOPA seria uma forma também de proteger os EUA dessa possível Guerra Cibernética. E acho que é por isso que ela ainda não começou efetivamente. Os EUA não possuem uma defesa eficiente ainda, tanto é que isso foi provado pelos Anonymous.

Exemplo de arma da Guerra Cibernética
E claro, essa Guerra Cibernética poderia envolver outros países também. Lembrando que o código-fonte do Skynet, o vírus que atacou os computadores das bases nucleares do Irã, foi liberado na internet para todos. Qualquer pessoa pode baixar o Skynet e modificar como quiser. E eu tenho certeza que existem algumas pessoas e alguns governos por aí modificando esse vírus de uma forma assustadora.

A propósito, o SOPA e o PIPA (Protect IP) foram arquivados, sem previsão para a volta da discussão. Vários políticos que apoiavam o SOPA passaram a não fazer isso, por causa dos protestos. 

Por isso, alguma lei semelhante (com as devidas adaptações) deve estar por vir e deve vir com outro nome. Será difícil ressucitar o SOPA e o PIPA, que não tem previsão para saírem da gaveta agora. É mais rápido deixar essas leis pra lá e criar uma outra modificada.

E o político que criou o SOPA falou que irá voltar a propor, mas fará algumas adaptações. Espero que elas sejam aceitas pelos usuários e pelo Presidente dos EUA, para que tudo fique em acordo. Ela não precisa violar a liberdade de expressão, e pode combater a pirataria de uma outra forma mais eficiente.

Enfim, vamos esperar pra ver o que vem por aí. Afinal, uma possível Guerra Cibernética está apenas começando!

A imagem pertence aos respectivos donos. Todas as marcas registradas mencionadas no post pertencem aos respectivos donos. Essa imagem não foi utilizada para fins publicitários.

0 comments:

Postar um comentário