sábado, 14 de janeiro de 2012

Gadgets da CES 2012

CES significa Consumer Eletronics Show. Ou seja: Apresentação de Eletrônicos ao Consumidor. A CES 2012 aconteceu dos dias 10 a 13 de janeiro, sendo que as apresentações das principais empresas ocorreram no dia 9.

A CES é um mega evento em Las Vegas do qual a maioria das empresas participa. E a Microsoft declarou que essa é a sua última participação na CES e até conseguiu vender seu espaço por lá. Empresas grandes como ela podem produzir os próprios eventos para se promoverem e até mesmo para lançar a linha de produtos no calendário correto da empresa.

A CES é uma ótima feira para toda e qualquer empresa revelar seus produtos, sejam eles reais ou protótipos.

E em toda CES ocorre uma avalanche de gadgets. Nessa CES não foi diferente. Eu não falarei de todos os gagets aqui. Falarei brevemente de apenas alguns, os mais destacados. Mas foram lançados muitos gadgets, então se você souber de algum que eu não citei, fale sobre ele nos comentários desse post.

Eu recomendo pesquisar no Google (ou em algum outro buscador de sua preferência como o Bing, Yahoo! ou Ask) os gadgets que eu mencionar aqui para que você possa obter mais informações sobre as características dos produtos.

A sensação dessa CES foram os Ultrabooks. Estimativas dizem que foram lançados cerca de 75 Ultrabooks de diferentes empresas. E existem vários tipos de Ultrabooks: com tela sensível ao toque, com sistema feito para telas sensíveis ao toque, com sistema feito para computadores, Ultrabooks mais "comuns", como é o caso do MacBook Air.

Enfim, Ultrabook foi o que não faltou nessa CES. Asus, Samsung, Dell, Acer, Lenovo ... essas foram apenas algumas poucas empresas que apresentaram Ultrabooks na CES.

E cada uma vendeu o seu produto como sendo o mais fino do mundo. Teremos que esperar por especificações completas de cada um deles para comparar, de fato.

A outra coisa que estourou nessa CES foram as TVs com sistemas operacionais e aplicativos. Foram lançadas diversas TVs rodando Android Ice Cream Sandwich que possuem o sistema totalmente personalizado e tecnologia 3D, entradas HDMI, Wi-Fi, Bluetooth, vários apps embutidos como Skype (e a TV tem uma câmera para videoconferências).

Enfim, foi uma avalanche de TVs nessa CES. Várias marcas lançaram suas TVs com sistemas operacionais, também chamadas de Smart TVs. Cada fabricante colocou sua TV de um jeito, não tem como falar individualmente de cada aparelho aqui. Mas se quiser saber algo específico sobre alguma TV lançada/anunciada na CES, comente no post! Algumas dessas empresas são: LG, Samsung, Lenovo.

Algumas dessas TVs vieram com sensores de movimento e até comandos de voz para auxiliar no controle da TV. Os controles de qualquer televisão hoje em dia afastam qualquer pessoa. Eles representam a pior coisa que existe para a usabilidade. Tem vários botões, com nomes e letras que não fazem sentido. E os sensores de movimento e os controles por voz vieram para tentar amenizar o problema dos controles complicados.

A Sony anunciou uma TV que é o verdadeiro LED. As TVs de LED atuais são na verdade um painel de cristal líquido retroiluminado por LED. A TV anunciada pela Sony na CES possui cada pixel retroiluminado individualmente por um LED de cada cor (vermelho, verde e azul). Com isso, a imagem é muito mais límpida, viva e clara, de acordo com as pessoas que estavam no evento e de acordo com a própria Sony.

Isso abriu espaço para questionamentos como: "Se um pixel ficar morto, é possível trocá-lo individualmente?". Teoricamente sim, mas teremos que esperar para ver como funciona essa TV em operação.

E óbvio que outras marcas anunciaram TVs de várias configurações também, como Panasonic e Sharp. E várias TVs OLED, LED, AMOLED, com e sem 3D, com 3D estereoscópico, com 3D passivo e com 3D ativo foram anunciadas na CES.

A Sony anunciou um retroprojetor 4K que custa US$25000,00. Ainda é mais barato ir no cinema, e a qualidade de imagem e som podem ser até melhores, dependendo do caso.

Óbvio que esse é como se fosse um "produto de testes". É uma daquelas tecnologias ótimas, mas teremos que esperar o preço abaixar se uma pessoa mais comum quiser ter esse tipo de equipamento em casa.



Alguns tablets também foram anunciados na CES. E a Nvidia anunciou o Tegra 3, seu processador quad-core para dispositivos móveis. E alguns tablets com ele foram demonstrados. O processador é muito rápido. Em termos gráficos, é excelente.

E tablets rodando o Windows 8 também foram anunciados, e parecem ser bem rápidos e estáveis. Vários tablets rodando Android também foram anunciados.

A Acer anunciou um serviço de computação em nuvem semelhante ao iCloud. O problema é que os slides dela ficaram extremamente parecidos com os slides de Steve Jobs. Ela apenas mudou o formato da nuvem e algumas palavras no slide para diferenciar. E essa cópia foi notícia em vários sites de tecnologia.

A Nokia anunciou o Lumia 900, rodando o Windows Phone 7 e possui especificações um pouco melhores que as do Lumia 800, como o número sugere. Mas a diferença não é tão absurda assim, já que o processador é o mesmo. A Nokia está lançando esse smartphone com foco no mercado americano. Ele foi feito para ser vendido principalmente no mercado americano.

Uma decepção dessa CES foram os smartphones. Apesar de o HTC Titan II possuir uma fenomenal câmera de 16MP (DEZESSEIS megapixels), ele roda Android Gingerbread (2.3), sendo que o Google já lançou o Android 4.0. E a maioria dos smartphones anunciados na CES rodam o Android 2.3.

A Motorola anunciou o Milestone (ou Droid) 4. Ele até possui especificações de hardware muito boas, mas roda o Android 2.3. Ainda assim, pessoas relataram que ele possui o melhor teclado físico já visto em um smartphone. O espaçamento das teclas é perfeito, assim como o click.

A Motorola anunciou também o RAZR MAXX. A bateria dele tem 3300mAh. Ou seja, ela dura 15 horas assistindo vídeos sem parar. É possível ver uns bons filmes no avião enquanto viaja para a China. Para fins de comparação, a bateria do iPhone 4S tem em torno de 1400mAh, a dos smartphones da série Lumia tem em torno de 1900mAh e a bateria dos MacBooks Pro tem em torno de 6000mAh.

A Sony anunciou o Xperia Ion. Parece que as fabricantes estão aprendendo com a Apple e estão se focando em apenas um modelo/série. A Samsung se focou ano passado no Galaxy SII e deu no que deu: ele foi eleito o smartphone do ano por diversas revistas conceituadas de tecnologia. A Motorola está se focando nos smartphones Droid, a Nokia nos Lumia e a Sony na série Xperia.

O Xperia Ion suporta 4G, roda Android 2.3, a câmera possui o mesmo sensor do iPhone 4S (Sony Exmor R), grava vídeos em HD e possui uma tela de 4,6 polegadas. Na verdade, a maioria dos smartphones anunciados na CES que rodam Android não se diferenciaram muito dessas especificações. Elas foram mais ou menos assim para quase todos os modelos anunciados, com exceção de alguns poucos aparelhos.

A maioria dos smartphones anunciados na CES suportam o LTE (4G). Ou seja, o 4G deverá melhorar de uma vez por todas para que fique realmente utilizável por todo mundo. Ele já é funcional, mas ainda é um pouco instável e tem interferências até com sinais de GPS. 

Ainda assim, se as fabricantes forçarem a implementação do LTE, as operadoras terão que investir nisso logo até mesmo para atrairem clientes. É bom que a velocidade da rede aumenta, o consumo de dados aumenta e as operadoras podem ganhar dinheiro com isso.

Eu sinceramente espero que esses smartphones rodando Android 2.3 sejam atualizados para o Ice Cream Sandwich sem problemas. As fabricantes disseram que sim, mas vamos ver se será verdade. Elas já poderiam ter lançado com o Android 4.0 de uma vez, não sei porque lançar no 2.3 e correr o risco de o aparelho demorar um bom tempo pra atualizar, já que vários novos smartphones com Android ainda estão por vir nesse ano e no ano que vem tem mais de novo.

A Microsoft anunciou o Kinect para Windows, a Polaroid anunciou uma câmera que roda Android e por conta disso também é um smartphone (pra mim, esse é o verdadeiro cameraphone).

A Gorilla Glass 2 foi anunciada. Possui a mesma resistência da primeira geração mas é mais fina. E certamente equipará os smartphones e tablets mais modernos lançados daqui pra frente.

E várias tecnologias para deixar gadgets à prova d'água foram anunciadas, com a Liquipel e a HzO. O Parrot AR. Drone 2.0 foi anunciado. Possui sensores melhores e uma câmera que grava vídeos em HD. Por isso, o voo dele é mais estável e a câmera grava vídeos com uma qualidade melhor que o Parrot de 1ª geração.

A Sony disse que não vai apresentar o novo PlayStation na E3 desse ano e a Samsung disse que quer ultrapassar a Nokia em número de aparelhos fabricados. Tênis motorizados também foram anunciados na CES. 

A Intel anunciou que fará processadores para smartphones e tablets. O problema é que ela provavelmente não conseguiu atingir a eficiência energética de um processador ARM. Teremos que esperar um desses chegar ao mercado para vermos o funcionamento real.

A Microsoft investiu muito no Windows Phone 7 nessa CES e realizou uma aposta: o vendedor da Microsoft que estava no local daria US$100 para quem conseguisse usar seu smartphone e realizar uma tarefa mais rápido que no Windows Phone 7.

Essas tarefas eram essencialmente focadas em redes sociais e compartilhamento de informações para as redes. Algumas tarefas envolviam procurar restaurantes ou ver o clima. Mas tudo isso serviu para mostrar o quanto o sistema é dinâmico e acabou chamando a atenção para o Windows Phone 7, mostrando o sistema para quem não o conhecia, nunca tinha o visto ou o utilizado. 

E a Microsoft chamou bem a atenção. O Windows Phone 7 foi mais rápido que os outros sistemas e smartphones na maioria das tarefas. E todos os smartphones eram melhores que o modelo utilizado pelo vendedor em termos de hardware.

A Microsoft provou que tudo é uma questão de como o software será utilizado pelo hardware, e não apenas se o hardware é bom ou se o software é bom. E o primeiro smartphone a ganhar do Windows Phone 7 foi um iPhone 4S, na tarefa de tirar fotos e enviar para o Twitter. O Windows Phone 7 ficou meio segundo atrás, mas o 4S foi mais rápido e o sortudo dono levou US$100 para poder gastar em Las Vegas.

Ufa! Foi uma avalanche de gadgets. Vários gadgets foram lançados, e falei muito pouco de apenas alguns aqui. Se deseja alguma informação sobre algum gadget específico contate o Tecnologite. Se quiser falar melhor das características dos gadgets apresentados na CES, use o espaço dos comentários para isso.

Esse post foi mais uma coletânea dos gadgets, sem muitas informações específicas sobre eles. É apenas para vocês saberem quais foram as tendências da CES 2012, que foi um evento incrível e gigante! E façam como recomendei no início do post: pesquisem em algum buscador ou até mesmo em alguma rede social sobre os produtos.

Wow, foram tantos gadgets. E vários são muito legais. Sempre ficamos babando e a vontade de comprar as novidades é sempre grande. Se puder comprar, guarde um dinheiro para isso e vá em frente. Se não puder comprar, aguarde. Até mesmo porque vários desses gadgets estão com uma tecnologia muito nova.

Convém esperar a tecnologia se popularizar e melhorar para comprar esses gadgets. Essas tecnologias muito novas incluem 3D e 4G, por exemplo.

Se for comprar dispositivos apenas por causa dessas novidades, espere por alguma melhoria, porque ela ocorrerá sem dúvidas! Essas tecnologias novas ainda têm que melhorar muito!

A imagem utilizada no post pertence aos respectivos donos e foi utilizada para fins ilustrativos. Qualquer marca registrada mencionada nesse post pertence aos respectivos donos e foi utilizada para fins jornalísticos e comunicativos. Esse post não possui fins publicitários e não privilegia uma marca ou um produto específico.

0 comments:

Postar um comentário