domingo, 22 de maio de 2011

Fábrica da Apple no Brasil? Como assim?

Falarei de um assunto que está dando o que falar nos últimos 2 meses. Não falei sobre ele aqui antes porque precisava de um pouco de tempo para falar sobre isso.

Vamos esclarecer algumas coisas sobre a possível abertura de uma fábrica da Apple no Brasil. Primeiramente, a Apple não tem fábricas ao redor do mundo, nem na China. A única "fábrica" dela mesmo é a sede em 1 Infinite Loop, em Cupertino, Califórnia.

Os produtos da Apple são fabricados por empresas como Samsung, Toshiba e LG e são montados por OEMs, ou seja, empresas que apenas montam produtos, como é o caso da Foxconn na China.

O que acontece é que a Foxconn (que monta os produtos da Apple) já existe no Brasil e agora existem vários rumores de que ela fez um investimento multibilionário (12 bilhões de dólares) no Brasil. Portanto, acredita-se que esse investimento seja para ampliar o campo de montagem da empresa para que ela monte também os produtos da Apple no Brasil.

Ou seja, o Brasil não terá uma fábrica da Apple, ele terá uma OEM que apenas montará o produto. Isto é, se esse rumor for verdade, porque não há nada oficialmente confirmado apesar de vários políticos importantes terem confirmado o rumor.

Resta saber se esse rumor é verdade ou não. Para isso, só nos resta esperar e ver se a Foxconn começará a montar produtos da Apple por aqui.

Se isso ocorrer, os produtos poderão sair um pouco mais baratos já que as indústrias possuem algumas isenções de impostos. Com isso, o preço de um produto da Apple poderá ficar mais barato.

Além disso, a Presidente Dilma quer diminuir os impostos sobre tablets e até mesmo sobre computadores, o que poderá fazer com que o preço principalmente do iPad fique ainda mais baixo.

A fábrica seria em Jundiaí e inicialmente montaria apenas iPads, mas depois todos os produtos da Apple seriam montados nela.

O que fazer? Esperar. Vamos esperar para ver se realmente teremos uma produção nacional de produtos da Apple como um todo. Como os rumores estão muito fortes, creio que isso realmente será verdade e ocorrerá até o fim desse ano.

Enquanto isso, devemos continuar juntando dinheiro para comprar o tão sonhado iMac de 27 polegadas...

Caso você tenha alguma dúvida com relação a esse e a outros assuntos, poste nos comentários ou contate o Tecnologite.

4 comentários:

  1. Eu tenho uma dúvida:
    Porque a fábrica seria em Jundiaí? Tipo, não seria mais "rentável" se a fábrica fosse no pólo industrial de Manaus?

    ResponderExcluir
  2. @plp

    A Foxconn já possui uma fábrica em São Paulo, e acho que até por questões de proximidade ficaria melhor para ela.

    Além do mais, alguns acordos com o governo foram feitos para que a Foxconn não saísse no prejuízo.

    Manaus não é um lugar "central", por assim dizer. Além do mais, dizem que a fábrica precisaria atuar como um polo de distribuição de produtos da Apple para a América Latina. Por questões de proximidade com portos e infraestrutura de aeroportos, acho que foi por isso que a fábrica seria instalada em Jundiaí.

    Resta saber se será lá mesmo, mas para isso devemos esperar alguma confirmação oficial de alguém...

    ResponderExcluir
  3. Só para corrigir erros (de "autores" que não desejam "outros autores" em seu blog) a Dilma não quer diminuir os impostos sobre os tablets, ela (e grande parte da governo) quer que tablets sejam enquadrados na classificação "computador pessoal", com isso haveria uma redução de impostos advinda dessa mudança...

    ResponderExcluir
  4. @MARCOLLE

    Não é que eu não desejo outros autores, é que no momento isso não é necessário. Será totalmente necessário quando o Tecnologite se profissionalizar, mas por enquanto...

    Enfim, enquadrando na categoria "computador pessoal", os impostos irão diminuir. O PIS e o Cofins irão diminuir, ou seja, o produto final sairá mais barato.

    De uma forma que explique todas as etapas do processo, ocorrerá exatamente isso que você falou.

    Enfim, muito obrigado pela colaboração.

    ResponderExcluir