quarta-feira, 30 de março de 2011

A smartphonização de computadores

O sonho de todos os consumidores sempre foi um produto que faz tudo. Quando o smartphone surgiu, o consumidor quase conseguiu. O grande obstáculo do smartphone é que a tela dele era (e é até hoje) pequena e ele era (e ainda é) simples demais para tarefas profissionais como edição de vídeos e fotos.


Os smartphones sempre foram parecidos com os computadores. Eles tem funções de computadores e são quase tão complexos quanto eles, mas são limitados principalmente pelo tamanho da tela.

Isso é o que acontece no mundo atual. Os celulares recebem funções e até mesmo componentes (como processador Dual Core, por exemplo) que estão originalmente em computadores.

Mas o que aconteceria se um computador adquirisse características de smartphone? Será que seria algo bom ou ruim?

Um smartphone pode não ter recursos tão bons e complexos como um computador, mas certamente ele é mais fácil de usar e mais intuitivo. São justamente essas características que poderiam fazer parte de um computador para que ele continue tendo muitos recursos e complexos.

Ou seja, um computador pode adquirir a facilidade de uso de um smartphone e com isso usuários comuns conseguirão utilizar o computador sem problemas e ao mesmo tempo os recursos profissionais ficarão mais acessíveis, descomplicando a vida de pessoas que utilizam o computador profissionalmente.

Como saber se essa ideia dará certo? O Mac OS X Lion é exatamente essa ideia (de incorporar características de smartphone em um computador) e será lançado esse ano. Ou seja, saberemos se isso funcionará apenas no fim do ano.

Eu só não gostei do visual. Ele tenta ser mais simples copiando o visual de um smartphone e por isso perde toda a cor que o visual tinha, e com isso o design fica sem graça, sem muitas cores. Todo o sistema é basicamente de uma cor.

Enfim, é melhor esperar até o fim do ano para saber se isso dará certo. Acho que sim, porque ao mesmo tempo que usuários comuns poderão utilizar o computador com mais facilidade, os recursos profissionais ficarão mais acessíveis e até mesmo usuários comuns poderão tentar utilizá-los.

Eu só acho que um computador deve ficar com um design de computador, e não com um simples design de smartphone. Por mais que um smartphone suporte várias coisas, o design da interface é geralmente monocromático e o computador pode assumir vários designs para vários programas. A desvantagem disso é que não há um padrão no sistema, mas a vantagem é que o sistema fica mais bonito.

De qualquer forma, é melhor esperar até o lançamento do Mac OS X Lion para ver se essa ideia de smartphonizar o computador funcionará.

A Microsoft já entregou algumas cópias do Windows 8 para alguns desenvolvedores selecionados e eu não duvido que ele terá várias características do Windows Phone 7 e até mesmo do sistema do Xbox. Isso seria até interessante para a Microsoft pois todos os sistemas dela ficariam no mesmo padrão. Não que o Windows 8 viraria um sistema para smartphone, mas várias características boas de sistemas de smartphones poderiam ser incorporadas a sistemas operacionais para computadores.

O mais interessante seria esperar para observar qual será a tendência do mercado, mas acho que será uma smartphonização de computadores.

Enquanto isso, eu adorei a função do Atrix 4G da Motorola de que quando ele se conecta a um dock, ele vira quase um computador. Ou seja, isso sim é um smartphone que é quase um computador. Só faltou transformar o sistema operacional na hora que conecta ao dock. No futuro, esse será o produto tão sonhado dos consumidores que será o tudo-em-um. E ele existirá, se o mercado seguir a tendência da Motorola.

Enfim, vamos esperar o futuro chegar até nós, não vamos ficar aqui especulando sobre uma coisa que ninguém sabe como acontecerá.

0 comments:

Postar um comentário