segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Relembrando: Campus Party [4]

Eu sabia que estava esquecendo de algo! Peço imensas desculpas por ter esquecido completamente que a Campus Party existe e por não ter postado sobre ela antes.

A Campus Party é um evento originalmente espanhol onde várias pessoas, sejam elas geeks ou interessadas por tecnologia, acampam em barracas fornecidas pela própria organização do evento para vivenciar coisas relacionadas à tecnologia, como jogar jogos, encontrar pessoas que você conheceu somente pela internet e etc.

Nas edições da Campus Party sempre estão presentes muitas pessoas importantes para a área da tecnologia e da internet e geralmente há uma internet muito mais rápida que a média do Brasil. Nesse ano, a internet era de 10gbps, mas obviamente essa velocidade foi atingida raríssimas vezes por causa da quantidade de pessoas utilizando a internet.

Qualquer pessoa pode ir à Campus Party (desde que ela efetue o pagamento) mas ela não precisa necessáriamente pagar pelo aluguel da barraca. O evento dura 1 semana e acontecem várias coisas divertidas relacionadas à tecnologia lá dentro.

Esse ano ocorreram vários apagões, por exemplo, o que causou a revolta de muitas pessoas pelo twitter. Além do mais, o evento é uma oportunidade para os geeks não falarem com pessoas apenas através do MSN, mas falarem com pessoas ao vivo também, sem a utilização de meios tecnológicos para isso.

A Campus Party ocorre desde 2008 no Brasil, em São Paulo, e parece que a edição do ano que vem será a última no Brasil. Cogitam a possibilidade do evento acontecer em duas capitais no ano que vem, como um símbolo de despedida.

Protestos com relação à isso envolvem argumentos que dizem que se a Campus Party ocorresse em cidades diferentes, o foco do evento, que é a interação, seria totalmente perdido, porque ela ia ficar muito dispersa.

Mas vamos ao que interessa. A Campus Party esse ano começou no dia 17 de janeiro e terminou no dia 23 e aconteceu no Centro de Imigrantes, na cidade de São Paulo. O evento realmente explodiu, com aproximadamente 6500 inscritos.

Esse ano o evento contou com figuras importantes como a senadora Marina Silva, Steve Wozniak, co-fundador da Apple e "Geek dos geeks", Al Gore e muitos blogueiros e vlogueiros famosos do Brasil.

Os blogs e lojas aproveitam para fazer diversas promoções entregando (de graça) camisetas, bonés e outros produtos para promover a marca.

Há várias palestras sobre diversos assuntos relacionados à internet e à tecnologia, mas o grande foco desse evento foram as mídias sociais, que foram extremamente comentadas ao longo de todo o evento. Tudo o que se falava no evento acabava sendo direcionado para o foco no twitter, nos blogs e em outros tipos de redes sociais.

Isso apenas reforça o que foi dito nesse post do Tecnologite: as mídias sociais estão cada vez ganhando mais importância.

A Campus Party é mais um evento de encontro de geeks e troca de ideias e experiências entre eles do que um evento como a CES, por exemplo, onde são apresentados novos produtos.

Ainda assim, a organização da Campus Party promove diversos concursos que estimulam a criatividade e que premiam o campuseiro (pessoa que vai à Campus Party) e com isso algum produto bom pode até vir a ser lançado graças a esses concursos.

O processo de inscrição da Campus Party é complicado: deve-se registrar seus equipamentos, o que pode demorar um pouco. Em compensação, pode-se levar desde roteadores até computadores de mesa. Lá é um lugar onde é possível encontrar ao mesmo tempo netbooks e computadores com uma televisão de 42 polegadas que serve como monitor.

Enfim, é um ótimo evento para a interação entre os geeks e para a discussão de tendências da tecnologia e o que isso representará no futuro. Recomendo o evento para qualquer pessoa que queira entender um pouco mais sobre tecnologia.

Esse ano o Tecnologite infelizmente não pôde cobrir o evento, mas espero que o blog possa cobrir o evento na Campus Party do ano que vem.

Caso você queira saber mais, entre no site oficial que está linkado no início do post.

0 comments:

Postar um comentário