domingo, 29 de agosto de 2010

Unidades da informação

O bit é a unidade que mede a informação, a quantidade de informação que pode ser transferida ou armazenada. Ele é a menor unidade de informação que existe, e é uma unidade binária, ou seja, ele poderá assumir somente dois valores: ou zero, ou um.


A abreviação do bit é b, e é aí que está a confusão. O "b" minúsculo representa os "its" e o "B" maiúsculo representa os "ytes". As letras dos múltiplos são sempre maiúsculas, exceto para os kilobits e kilobytes. A abreviação pode ser feita também com a letra do múltiplo, um "i" e o "b" minúsculo ou maiúsculo se você quer falar em bits ou em bytes respectivamente. Exemplo: Kib=Kilobit e MiB=Megabyte. 

Se a abreviação for feita dessa forma, o "k"será maiúsculo. Essa abreviação com "i" existe porque o nome real das unidades é -bibit, mas por convenção e para facilitar a vida de todos, utilizamos os prefixos do SI como "quilo" e "mega". As fabricantes se aproveitam disso para reduzir a capacidade real de um aparelho, que já é reduzida na formatação. Mas ela é reduzida mais ainda porque para algumas fabricantes (a maioria) um quilobyte, por exemplo, são na verdade 1000 bytes, e não 1024.

A abreviação normalmente é feita assim: kb=Kilobit ou kB=Kilobyte. E essa abreviação do "k" é do SI, e não do sistema binário, já que a abreviação do sistema binário é a que tem o "i". Mas não faz diferença porque você estará falando da mesma coisa, mas um kilobyte para o SI não são 1024 bytes, são somente 1000 bytes. Os prefixos do SI são por exemplo "mega", "quilo" e "giga" e os do sistema binário são "mebi" "kibi" e "gibi".

Um byte tem 8 bits, e um kilobit, por exemplo, tem 2ˆ10 (2 elevado a 10) bits, ou seja 1024 bits. Um megabit tem 2ˆ10 kilobits, ou 2ˆ20 bits. Um byte tem 8 bits, e ele é apenas um número binário de 8 algarismos. Um byte tem 8 bits porque para os computadores, representar 256 números binários já é o suficiente. Um bit representa 2 valores, e um byte são 8 bits, logo, 2ˆ8 são 256.

Para as memórias muito grandes são utilizados os bytes, que tem os mesmos prefixos dos bits mas valem 8 vezes mais que eles. Por exemplo: um exabyte vale 8 vezes um exabit, e um yottabyte vale 8 vezes um yottabit.


As unidades em ordem crescente, e as abreviações mais comuns são:

  • Bit/Byte (b/B) 
  • Kilobit/Kilobyte (kb/kB) 
  • Megabit/Megabyte (Mb/MB) 
  • Gigabit/Gigabyte (Gb/GB) 
  • Terabit/Terabyte (Tb/TB) 
  • Petabit/Petabyte (Pb/PB) 
  • Exabit/Exabyte (Eb/EB) 
  • Zettabit/Zettabyte (Zb/ZB) 
  • Yottabit/Yottabyte (Yb/YB) 
Lembrando que às vezes as letras dos prefixos são minúsculas, e o "k" é sempre minúsculo, mesmo que muitas vezes o k apareça maiúsculo, mas a abreviação mais correta é essa mostrada acima. E ainda, a abreviação mais correta das unidades do SI seria, por exemplo, Gbytes e não GB.

E lembrando ainda que a representação acima está errada porque está de acordo com o uso popular. A representação correta seria com a abreviação do "i" que já foi mostrada acima. Ou seja, uma memória RAM de 2 GB na verdade tem 2 GiB, porque a memória é contada em unidades binárias, ao contrário dos HDs. Isso na verdade é uma confusão enorme, mas para unidades binárias, o correto é -bibits, apesar de o uso popular usar apenas os prefixos do SI para se referir a unidades binárias e às unidades não binárias, quando na realidade as do SI não são binárias.

Com isso, algumas coisas podem ser esclarecidas. Um HD de um computador tem gigabytes, e como as fabricantes são espertas e tratam o gibibyte como sendo um bilhão de bytes, e não 2^30 bytes, a capacidade real do HD é de na verdade 10^9 bytes, ou seja, é menor que a capacidade que teria normalmente.

A velocidade de uma internet é, por exemplo, 2 Mbps. Quando falamos em velocidade de transferência, as abreviações são outras, como a -bps, a -ib/s e a -B/s. A -bps e a -ib/s se referem a bits, e a -B/s a bytes.


Ou seja, você não baixará na teoria um arquivo de 2 MB (mebibits, só para constar) em um segundo porque são bits, mas sim em oito segundos, porque a velocidade da internet é em megabits (que na verdade são mebibits), e muita gente se confunde com isso, mas nesse ponto as empresas são verdadeiras. 

Lembrando que isso tudo é teoria, porque a sua velocidade na verdade é dividida por 8 na hora de uma transferência, mas isso não é o assunto desse post.

Na verdade, isso confunde um pouco pois não se sabe mais se a fabricante está se referindo à -bibits ou a -bits, e isso complica ainda mais a situação, mas saiba que se você quiser falar em unidades binárias corretamente, fale -bibits, como eu já disse anteriormente no post.


O importante é: não confundam bits e bytes. Você vai ver que é simples. 1 byte tem 8 bits, e na abreviatura quase correta muda basicamente o b. Não se usa muito a abreviatura com os nomes reais porque as pessoas já estão acostumadas a utilizar os prefixos do SI mesmo que elas se refiram à unidade binária mesmo que a pessoa se refira à uma unidade binária, e não a 10 elevado a algum número, mas isso é aproveitado pelas fabricantes para venderem dispositivos com capacidades menores do que as que seriam realmente se a unidade fosse binária.

Não é complicado, é só estudar um pouco e você vai ver que é fácil. Na prática, nós compramos coisas no sistema do SI, mas queríamos que fosse no sistema binário porque a quantidade seria maior um pouco.

À medida que você for utilizando essas unidades com mais frequência vai ver que não há complicações, mas há essa pequena confusão entre as unidades corretas (não são do SI) e as que não são corretas (do SI), mas tratamos como sendo corretas. O importante é sempre utilizar as nomenclaturas corretas para qualquer coisa para não ficar errado, e é isso que eu queria explicar nesse post, além de tentar esclarecer as diferenças entre os bits e os bytes. Quaisquer dúvidas, postem nos comentários!

0 comments:

Postar um comentário